NOTA DE PROFUNDO LAMENTO E PESAR

jun 7, 2022

A Associação dos Policiais Penais do Estado da Paraíba, na pessoa do seu presidente Wagner Falcão, manifesta lamento e pesar diante da morte do policial penal Ednaldo Miranda Silva, chefe de disciplina da Penitenciária Raimundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande-PB. O policial penal tinha 47 anos e veio a óbito nesta terça-feira (07) devido a complicações de saúde.

Na oportunidade, apesar da grande perplexidade com o ocorrido, a AGEPPEN-PB coloca-se a disposição da família, que chora o luto, naquilo que for necessário. Ednaldo era Policial Penal por muitos anos e foi um profissional dedicado no cumprimento de suas missões. O nobre policial penal possuía uma conduta correta, de fino trato com os colegas, educado e deixará bastante saudade no coração de todos os seus amigos de trabalho. Verdadeiramente, foi uma grande perda para o Sistema Penitenciário da Paraíba e para a sociedade como um todo.

Que a paz eterna seja alcançada por ti, que o Eterno Criador seja a luz, que a misericórdia de Deus seja o teu guia e que em nosso próximo encontro não exista mais dor, lágrima ou sofrimento. VAI EM PAZ, GUERREIRO.

Wagner Falcão

Presidente da AGEPPEN-PB

Compartilhe nas redes sociais
Leia também:  REGIMENTO ELEITORAL DA AGEPEN-PB PARA O PLEITO REFERENTE AO TRIÊNIO 2022/2025 DA ELEIÇÃO/RENOVAÇÃO DO MANDATO DA DIRETORIA EXECUTIVA