NOTA DE PROFUNDO LAMENTO E PESAR

jan 28, 2022

A Associação dos Policiais Penais do Estado da Paraíba, na pessoa do seu presidente Wagner Falcão, manifesta lamento e pesar diante da morte precoce do policial penal |Hiran Paulo Raposo Belmont Neto, o policial penal estava com 41 (quarenta e um) anos e era integrante do Grupo Especial de Custódia Hospitalar.

Na oportunidade, apesar da grande perplexidade com o ocorrido, a AGEPPEN-PB coloca-se a disposição da família, que chora o luto, naquilo que for necessário. Paulo Raposo, sempre de espírito tranquilo, de fino trato com os colegas, educado, deixará bastante saudade no coração de todos os seus amigos de trabalho. Verdadeiramente, foi uma grande perda para o Sistema Penitenciário da Paraíba e para a sociedade como um todo. Como Entidade representativa da Classe cobraremos das autoridades competentes o esclarecimento do caso e punição aos que merecerem de forma incansável.

Que a paz eterna seja alcançada por ti, que o Eterno Criador seja a luz, que a misericórdia de Deus seja o teu guia e que em nosso próximo encontro não exista mais dor, lágrima ou sofrimento. VAI EM PAZ, GUERREIRO.

Wagner FalcãoPresidente da AGEPPEN-PB

Compartilhe nas redes sociais