A VERDADE SOBRE A CRISE NO SISTEMA PENITENCIÁRIO

jan 8, 2017

Vejo um tremendo jogo de ” Empurra” de responsabilidades entre o governo do Amazonas e o governo Federal. Ficou nítida a omissão diante dos alertas sobre essa crise, que foi desencadeada no Amazonas e Roraima.
 

De um lado o Ministro Alexandre Moraes e do outro os estados, que tem opniões divergentes em relação aos massacres. O governo federal não pode dizer que não teve ciência e que não recebeu os relatórios de inteligência, sobre as movimentações das facções criminosas que disputam o controle dentro dos presídios.
 

E o pior, é negar que não foi briga de facções. Eu trabalho dentro da área como Coordenador Operacional do GPOE, onde atuei diretamente em diversas rebeliões e sei que a maioria delas, foi por conta de disputa entre facções.
 

É notório,  os diversos vídeos que circulam com os presos das facções comemorando as execuções dos rivais, durante as rebeliões no Amazonas e Roraima, mesmo assim, os governos negam que seja uma briga de facções.
 

Sempre se fala em modernizar e equipar os sistemas prisionais, mas isso só se coloca em prática mediante uma crise. A ficha do governo federal deveria cair e inserir os Sistemas prisionais como forças segurança pública e com isso, a criação das polícias Penais estaduais e federal, dando maior autonomia,  treinamento e poder de polícia aos Agentes Penitenciários.

 

Dinamerico Cardim
Coordenador Operacional GPOE-PB
Especialista em Segurança Pública

Compartilhe nas redes sociais